HSF terá programação com especialistas, doadores e transplantados

Para marcar o Dia Nacional da Doação de Órgãos, celebrado em 27 de setembro, o Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF) realizará a Semana Doe Órgãos – Faça brilhar a Vida. Resultados e perspectivas para os transplantes de órgãos serão apresentados durante o encontro, que contará ainda com missa celebrada por Dom Orani, Arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro. O evento será realizado no auditório do hospital, localizado à Rua Conde de Bonfim, 1.033, na Tijuca.

doacao_logo

A Semana Doe Órgãos – Faça brilhar a Vida vai debater as perspectivas dos transplantes hepáticos e renais; a importância do transplante nos sistemas público e suplementar de saúde; o trabalho integrado de captação e translado de órgãos; além do apoio às famílias dos doadores e receptores.

O HSF se destaca como referência no Rio de Janeiro, já que foi responsável por 30% dos transplantes de fígado e 58% dos de rim no Estado, apenas nesse primeiro semestre. A explicação para esse resultado vem da Diretora Médica do hospital, Eliane Castelo Branco: “O que nós fazemos de diferente é manter nossas equipes sempre disponíveis. Nunca recusamos um órgão disponível por falta de médicos, enfermeiros ou anestesistas”. No primeiro semestre, já foram realizados 114 transplantes de fígado no Estado do Rio. O HSF foi responsável por 35 deles. O Chefe da Equipe de Transplantes Hepáticos, Eduardo Fernandes, comemora o índice alcançado e lembra que o Rio de Janeiro é um dos estados com o maior número de transplantes realizados. “Isso só é possível graças ao investimento do Estado na criação de uma central de transplantes eficiente”, afirma.

O médico assegura ainda que os pacientes que fazem transplantes de fígado no HSF têm sobrevida de 80%, acima dos 69% da média nacional. Ele atribui os bons resultados alcançados a diversos fatores, entre eles a expertise da equipe médica: “Hoje, a cirurgia leva cerca de quatro horas, antes chegava a 12 horas. Com isso, conseguimos também facilitar a recuperação dos transplantados. O tempo médio de internação é de 15 dias, mas aqui, nossos pacientes não costumam ficar mais do que 11 dias”, explica.

Veja a programação completa da Semana Doe Órgãos – Faça brilhar a Vida

25 a 29 de setembro

Dia 25/09, segunda

9h – Abertura oficial, com concerto de harpa.

Dia 26/09, terça

9h – palestra “Perspectivas do Transplante hepático”, Dr. Felipe Mello, médico da equipe de transplantes hepáticos

9h40 – palestra “Funcionamento e resultados da Organização de Procura de Órgão (OPO Norte) ”, Dr. Antonio Justo, coordenador médico da OPO.

Dia 27/09, quarta (Dia Nacional do Doador de Órgão)

9h30 – palestra “Programa Estadual de Transplante de Órgãos”, Dr. Gabriel Teixeira, coordenador do PET (Programa Estadual de Transplante de Órgãos).

Apresentação do programa de transporte de órgãos, com a presenta do Coronel Adalberto Neiva e do Capitão Rodrigo Medina, responsável pela aeronave que transporta os órgãos para doação.

Dia 28/09, quinta

9h – palestra “A importância do Serviço de Transplante para o sistema de saúde público e suplementar”, Dr. José Osmar Medina de Abreu Pestana, diretor do Hospital do Rim -SP)

10h – palestra “Perspectivas do transplante renal”, Dra. Patrícia Finni, médica da equipe de transplantes renais

Dia 29/09, sexta

9h – missa em ação de graças celebrada pelo cardeal Dom Orani Tempesta, com a participação de doadores, familiares e receptores

Local das Palestras: Auditório do HSF, Rua Conde de Bonfim, 1.033, Tijuca.

Local da Missa: Praça Papa Francisco, Rua Conde de Bonfim, 1.033, Tijuca.