Paz e bem

Neste 4 de outubro, o Hospital São Francisco Na Providência de Deus celebrou missa em homenagem ao Dia de São Francisco de Assis, celebrada pelo Frei Paulo Batista, diretor do HSF.

São Francisco nasceu em Assis, na Úmbria (Itália), em 1.182. Aos 24 anos, renunciou a toda a riqueza e entregou-se totalmente a um estilo de vida fundado na pobreza, na simplicidade da vida e no amor total a todas as criaturas.

 dia_sao_francisco_internaNo início de sua conversão, foi como peregrino a Roma, vivendo como eremita e na solidão. Partindo em missão de paz e bem, seguiu com perfeita alegria o Cristo pobre, casto e obediente. No campo de Assis havia uma ermida de Nossa Senhora chamada Porciúncula, o lugar predileto de Francisco e dos seus companheiros. Com alguns poucos amigos, deu início ao que seria a Ordem dos Frades Menores ou Franciscanos. Com Santa Clara, sua dileta amiga, fundou a Ordem das Damas Pobres. Em 1.221, sob a inspiração de seu estilo de vida, nasceu a Ordem Terceira para os leigos consagrados. A partir daí, Francisco dedicou-se a viagens missionárias: Roma, Chipre, Egito, Síria…. Peregrinando até aos Lugares Santos.

Na última etapa de sua vida, recebeu, no Monte Alverne, os estigmas de Cristo, em 1.224. Já enfraquecido por tanta penitência e cego por chorar pelo amor que não é amado, São Francisco de Assis, na igreja de São Damião, foi rodeado pelos seus filhos espirituais e assim, recitou ao mundo o Cântico das Criaturas. Retirou-se então para a Porciúncula, onde morreu, deitado nas humildes cinzas, em 3 de outubro de 1.226. Passados dois anos incompletos, em 16 de julho de 1.228, o Pobrezinho de Assis foi canonizado por Gregório IX, ficando conhecido como o santo dos pobres e protetor dos animais. São Francisco de Assis foi uma criatura de paz e de bem, terno e amoroso. Amava e cuidava dos animais, das plantas e de toda a natureza. Com sua alegria, simplicidade e ternura, conquistou a estima e a simpatia que fizeram dele um dos santos mais populares.

Fonte: Canção Nova